COMO OS HOMENS PENSAM E SENTEM,E POR QUE OS HOMENS NÃO CHORAM ?

COMO OS HOMENS PENSAM E SENTEM

COMO OS HOMENS PENSAM E SENTEM

Por Carolina Neves Neiva

Já se perguntou como os homens pensam sobre relacionamentos?
Entenda o modo como a mente de um homem funciona e você será capaz de lê-lo como um livro, o tempo todo.
Há tantas coisas sobre a mente de um homem que o torna previsível e fácil de entender. Você já se perguntou sobre como os homens pensam, especialmente quando se trata de relacionamentos e do sexo oposto?
Às vezes, apenas entender a maneira que a maioria dos homens pensa pode tornar a vida muito mais fácil para as mulheres quando se trata de impressionar um. Como os homens pensam:
Você pode tentar ganhar o coração de um homem, ou apenas causar uma profunda impressão nele. Pode até querer mudá-lo para atender seus caprichos e fantasias. Mas o melhor é deixa-lo pensar que esta no comando. Em um filme de comédia chamado “O casamento grego”, mostra isso claramente. Vale a pena assistir quem não viu ainda.
Em vez de tentar muda-lo para se tornar a sua definição de um homem dos sonhos, basta usar essas dicas simples. E tudo vai cair perfeitamente no lugar, contanto que você se lembre sempre “como os homens pensam”. Então vamos lá. Lembrando que são apenas dicas e pode dar certo ou não. Mas não custa tentar.
Como seres egocêntricos os homens pensam que todos os elogios são verdadeiros. Então elogie mesmo que for apenas para encantar. Quase todos os homens acham que todos os elogios dirigidos a eles são completamente verdadeiros. Elogie um homem e ele nunca vai pensar que é uma mentira. As mulheres podem pensar duas vezes sobre um elogio, mas os homens sempre acreditam no que ouvem.
Você quer que seu parceiro comece a trabalhar fora? Se for o caso de seu parceiro ter um trabalho que pode ser feito em casa. Basta dizer que ele esta sendo mal aproveitado, ficando apenas com o trabalho em casa, que ele tem uma imensa capacidade de fazer muito mais. Logo ele além de seu trabalho em casa ele estará se esforçando para ter mais e mais. E claro receber ainda mais elogios pelo seu esforço.
Os homens são facilmente impressionados quando se diz a respeito de elogios a estética. Então se você quer que seu namorado, marido ou companheiro comece a se cuidar melhor basta comentar sobre outro que logo, logo a competição começa. Entre ele e o suposto outro. Falamos ate agora de como conseguir algo de um parceiro que você tem, mas isso vale para os solteiros também.
Os solteiros que estão se achando acima do bem e do mau. Vamos lá: se você sorri em para um homem em um bar ou restaurante ou ate mesmo um café, claro que ele vai imaginar que você quer algo com ele. Então imagina se você retribui ao sair com um olhar direto no fundo dos olhos. Lembrando-se do egocentrismo, já vira a mente, essa eu pegava fácil.
Infelizmente cada dia que passa esse rotulo de ter uma mulher facilmente esta cada dia, mas comum, e de quem é a culpa? De nos mulheres ou dos homens? Se o assunto que estamos tratando é como os homens pensam sobre relacionamentos e muitos deles estão fugindo deles. O que nos resta fazer?
Eu citei algumas maneiras de manter o relacionamento com seu parceiro e ate mesmo uma maneira de fisgar um. Mas não se esqueçam de que antes de tudo você precisa estar preparada para estar em algo que exige tanto, pois posso te garantir a grande maioria do sexo oposto (homens) não estão. Ai volta à pergunta de quem é a culpa, dos relacionamentos estarem tão fugazes hoje em dia. Falta de que??
Somos nós que esquecemos de ser mulheres ou são eles que não querem mulheres mais.
Consultórios lotados de ambos os sexos reclamando da mesma questão: não existe mais o amor verdadeiro. Mas mesmo assim quebrar as paredes colocadas entre um relacionamento frustrado e outro é um ato de coragem ou de saber mudar?

PORQUE HOMENS NÃO CHORAM

PORQUE HOMENS NÃO CHORAM
Por Renata Lommez

A criança ainda está no ventre da mãe curtindo os momentos do que virá a ser o paraíso perdido, e lá, fora do conforto quentinho, o drama já começou. “É menino? Então o quarto vai ser azul”. A pressão começa na cor escolhida para o quarto e roupas, passa pelas brincadeiras permitidas até chegar às emoções. O que um garoto NÃO pode sentir?
Hoje em dia falamos mais do que nunca a respeito da nossa sociedade machista, mas é preciso dizer que não apenas nós mulheres sofremos com tal modelo, os homens também sofrem, mesmo sem poder sofrer. Porque se homem não chora, homem também não sofre, não é mesmo? Não, não é mesmo.
Uma pesquisa da Associação Americana de Psicologia aponta que 80% dos homens sofrem (viu?) com a falta de habilidade para colocar as emoções e sentimentos em palavras. E vai além, o número de suicídios entre os homens é bem maior do que entre as mulheres.
É natural que desde cedo os homens sejam mais cobrados no que se refere a sua firmeza de atitudes, afinal a natureza deu a eles características psíquicas de iniciativa, maior força física e a impulsividade necessária para o enfrentamento imediato de desafios e problemas. Isso não quer dizer, contudo, que não lhes é permitido a tristeza ou o choro. É permitido e indicado sim, chorar para elaborar a tristeza a que qualquer ser humano está sujeito. E que fique claro, não estou apoiando a lamúria, nem falando de homem chorão, gente chorona é chata, não apenas os homens.
Quem nunca escutou um pai ou mãe dizendo ao filho:_ “pare de chorar, meninos não choram, seja homem, seja forte.” E se você me perguntar se as mães também dizem isso vou te responder que sim. Existem mães tão machistas quanto os pais. E um dos vários motivos é que ao longo dos séculos foi criado um estereótipo de comportamento pela sociedade e as mães esperam que seu filho homem, macho pegador se enquadre nele. Mas posso garantir a vocês que é por amor, é por machismo também porque esse conceito patriarcal em que vivemos está enraizado na maioria das pessoas, mas os pais mal percebem, e o desejo deles é que o filho seja forte o suficiente para enfrentar a vida que lhe espera.
Se pensarmos que as guerras foram lutadas em sua maioria pelos homens devemos então imaginar que essa era uma dura realidade onde era proibido chorar, era proibido inclusive sentir tristeza, medo ou qualquer outra coisa, porque não havia tempo nem espaço para isso. Era lutar ou morrer. Tempo para refletir a respeito de si, para conversar, trocar ideias com outros homens, não havia. Se falarmos em autoconhecimento, nós mulheres estamos anos luz a frente dos homens. Apesar disso, enquanto reivindicamos mais espaço profissional eles começam a reivindicar seu espaço emocional, ainda bem.
Tenho em consultório apenas 15% de pacientes homens em análise, eles têm sim mais dificuldade em se expor. Ainda assim vejo hoje em dia um maior numero de pais passeando com seus bebes, ou com seus cachorros e, mais homens assumindo o lar. E esse treino vem, além dos questionamentos das novas gerações, da brincadeira de casinha com a irmãzinha ou com a coleguinha.
Particularmente acho lindo homem vestindo rosa, pedindo ajuda, derramando uma lágrima ou baldes quando se emociona com o filho e, ainda adoro quando abre a porta do carro para eu entrar. Uma coisa não precisa anular a outra, gentileza não é machismo, chorar não é frescura.
Mas os homens que questionam o modelo de vida e comportamento impostos a eles e que desejam mudar precisam saber que, qualquer mudança é recheada de possíveis crises, afinal ela vem acompanhada de criticas, de bônus e também de ônus. E precisam saber principalmente que, a mudança autêntica deve ser feita de dentro para fora, visando um bem estar próprio e não para agradar alguém, mas essa será uma, bem vinda, consequência.
Senão sofrem as mulheres e sofrem os homens, calados, mas sofrem.

Fonte:http://www.destrinchando.com.br/